Workshop

Jogos musicais psicomotores para contextos inclusivos
Viviane dos Santos Louro

Horário: 04/05 - 13:30

Sinopse: A psicomotricidade estuda o ser humano a partir de 3 pilares: emocional, cognitivo e motor em relação com o ambiento sociocultural. É uma abordagem essencial para todo professor de música, uma vez que música é emoção e movimento e exige muito de nosso aparato cognitivo. A oficina visa a partir de alguns jogos musicais psicomotores criados pela docente, abordar os 9 itens principais da psicomotricidade e mostrar como o professor pode aplicar na prática tais conceitos. Não é necessário saber música nem tem conhecimento sobre psicomotricidade para participar da oficina. Necessário ir com roupas leves, sem salto alto.






Grupos de Discussão
Horário: 02/05 - 17hs.
Escolha um GD para participar.


Percepção, Cognição e Afeto na Educação Musical de Pessoas com TEA e suas Contribuições para Constituição do Sujeito no Contexto Educacional
Caroline Blumer

Sinopse: O objetivo do tema é promover esclarecimentos a respeito da percepção, da cognição musical e do afeto em pessoas com o Transtorno do Espectro do Autismo a fim de fomentar reflexões e ações eficientes para Educação Musical no TEA. Também e, sobretudo, propor ao educador um o olhar para além das questões pedagógicas inerentes à transmissão de conteúdos musicais, mas, principalmente para que essa relação possa contribuir na constituição do sujeito neste contexto educacional.

Leitura preparatória: 

Cattapan, Felipe. Cattapan, Katja (2014) Música & Cérebro: A música à luz da neurociência. Revista Insight Inteligência. Abril/Maio/Junho.115-121. In: http://insightinteligencia.com.br/pdfs/65.pdf

Gomes, E.; Pedroso, F.S.; Wagner, M.B. (2008) Hipersensibilidade auditiva no transtorno do espectro autístico. Pró-Fono Revista de Atualização Científica. Out-Dez; 20(4): 279-284. In: http://dx.doi.org/10.1590/S0104-56872008000400013 

Fornari, José (2013). Percepção, Cognição e Afeto. Revistas Nics. Unicamp. Pesquisa em Música no Brasil. n. 4, 122-148. In: https://revistas.nics.unicamp.br/revistas/ojs/index.php/nr/article/view/53

Zorzetto, Ricardo (2011). O Cérebro no Autismo: Alterações no córtex temporal podem causar prejuízo na percepção de informações importantes para a interação social. Revista Pesquisa Fapesp. Ed.184, Junho, 16-23. In: http://revistapesquisa.fapesp.br/2011/06/16/o-cérebro-no-autismo/

Blumer, Caroline. A Educação Musical Aliada à Clínica Psicomotora e a Construção Simbólica no Trabalho com Pessoas com Transtorno do Espectro Autista (TEA). In: http://www.anppom.com.br/congressos/index.php/26anppom/bh2016/paper/view/4119 XXVI Congresso da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Música, B. Horizonte ,2016. Anais.

Ferreira, Leonice S. (2016) A Imagem do Corpo Na Psicose e no Autimo. In: http://www.webartigos.com/artigos/a-imagem-do-corpo-na-psicose-e-no-autismo/146658/

Calazans, Roberto. Martins,Clara R.Transtorno, Sintoma e Direção de Tratamento para o Autismo. In: http://pepsic.bvsalud.org/pdf/estic/v12n22/v12n22a09.pdf

 





Música e inclusão escolar
Lauro Mota

Sinopse: Discutir a importância da música como mediadora dos processos de aprendizagem de crianças com deficiência inseridas na escola regular.  Problematizar e refletir sobre os limites e potencialidades do uso da música como recurso pedagógico nas práticas educativas dos professores da educação básica.

Leitura preparatória: 

https://onedrive.live.com/?authkey=%21AIGe1pCh46ZUIB0&cid=F758D4CF67F48311&id=F758D4CF67F48311%21414&parId=F758D4CF67F48311%21241&o=OneUp





Educação Musical e Cultura Afro-brasileira: reflexões e ideias sobre diversidade cultural e inclusão
Nany Vieira

Sinopse: Neste GD discutiremos:

- Por que devemos  trabalhar cultura afro-brasileira?;
- Os termos da lei 10.639/03 e os enlaces com a lei 11.769/08;
- Os principais aspectos da cultura afro-brasileira (história, tradição oral, religiosidade e linguagens);
- Os valores civilizatórios afro-brasileiros;
- A ausência de debates sobre o tema nos eventos acadêmicos de Educação Musical;
- Análise de materiais didáticos de apoio ao planejamento do professor;
- Africanidades, culturas jovens e contemporaneidade.

Leituras preparatórias:

Educação Musical e Multiculturalismo: 

O multiculturalismo nas poli?ticas pu?blicas para a cultura, artes e mu?sica: a educac?a?o musical intercultural:

http://www4.unirio.br/mpb/textos/AnaisANPPOM/Anppom%202006/060830_1122%20(D)/CDROM/COM/01_Com_EdMus/sessao05/01COM_EdMus_0501-142.pdf 

 Música e diversidade cultural: divergências entre ensino conservatorial e a teoria do multiculturalismo na formação do professor:

http://sinop.unemat.br/projetos/revista/index.php/eventos/article/view/2085/1780

 Cap 5 do livro " Musica(s) e seu Ensino", de Maura Penna



Africanidades e Educação 

?? Os valores civilizatórios afrobrasileiros:

http://www.acordacultura.org.br/oprojeto

?? questões étnico-raciais e educação:

http://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/faced/article/download/2745/2092

?? Hip Hop e Educação:

http://pepsic.bvsalud.org/pdf/ide/v36n56/v36n56a10.pdf


Educação Étnico-Racial

?? UMA ABORDAGEM CONCEITUAL DAS NOC?O?ES DE RACA, RACISMO, IDENTIDADE E ETNIA

Prof. Dr. Kabengele Munanga (USP) 

http://www.geledes.org.br/wp-content/uploads/2014/04/Uma-abordagem-conceitual-das-nocoes-de-raca-racismo-dentidade-e-etnia.pdf

??Vídeo (excelente): Relações étnico-raciais com prof Kabengele Munanga 

https://m.youtube.com/watch?v=7FxJOLf6HCA

 



Palestra

Gênero e gerações: a experiência da música por uma feminista de meia idade
Luiza Coppieters

Horário: 03/05 - 19:30

Sinopse: Em breve.




Mesas redondas
Mesa 1: Educação musical e inclusão: concepções e ações sociais
Ana Maria Paes Leme Carrijo Abrahão, Ilza Zenker Leme Joly e Lucia Helena Reily

Horário: 02/05 - 10:30

Sinopse: A questão da inclusão tem sido alvo de importantes reflexões na área da educação musical, seja porque a música, uma vez na escola, precisa lidar com essa questão latente nas instituições escolares, seja pelo potencial humanizador da música para trabalhar com diversas formas de inclusão. Esta mesa se propõe a discutir as relações entre educação musical e inclusão de maneira bastante ampla, trazendo para o debate desde o próprio conceito de inclusão e as possibilidades de ações sociais efetivas envolvendo música, até as concepções sociais quanto à música e deficiência (aí incluídos os pré-conceitos que circulam coletivamente) e suas implicações na escola.



Mesa 2: Música, inclusão e formação de professores
Fabiana Fator Gouvêa Bonilha
Vilson Zattera
Viviane dos Santos Louro

Horário: 04/05 - 09hs

Sinopse: Entre os diversos aspectos que precisam ser pensados quando refletimos sobre música e inclusão, a questão da formação de professores ganha especial atenção. De nada adiantam políticas públicas favoráveis e condições materiais adequadas se não dispusermos de educadores e educadoras musicais preparados para trabalhar com a inclusão, nas suas mais variadas formas. Esta mesa se propõe a discutir a inclusão do ponto de vista da formação de licenciandos em música, com especial ênfase na questão de recursos disponíveis para o trabalho com educação musical e deficiência visual.